Erosão dental, a doença atual

Canal Saúde

Conheça e se previna contra este mal, causado principalmente pelos alimentos ácidos

Você sabia que até mesmo uma dieta saudável pode trazer riscos aos seus dentes? Muitas pessoas se preocupam com as cáries e doenças da gengiva, mas existe um mal desconhecido presente na boca de grande parte da população: a erosão dental. Esta perda mineral superficial dos dentes pode ser causada pelo consumo excessivo de comidas e bebidas ácidas (refrigerantes, suco de limão, vinagre, uva, maçã, tomate, laranja, etc.), bulimia, anorexia, refluxo gástrico voluntário, vômito crônico durante a gestação, gastrite associada ao alcoolismo, xerostomia (diminuição da saliva) e doença de refluxo gastroesofágico.

São sintomas da erosão dental:

• Sensibilidade – À medida em que o esmalte se desgasta e a dentina (tecido principal do dente) fica exposta, pode-se sentir uma pontada ao consumir bebidas geladas, quentes ou doces. • Descoloração – Os dentes podem ter aparência amarelada devido à exposição da dentina (diretamente ou pelo esmalte ter se tornado muito fino).

• Dentes arredondados – Aparência arredondada e áspera na superfície e borda dos dentes.

• Transparência acentuada – À medida que se perde mineral, os dentes ficam com as bordas transparentes e visivelmente mais frágeis. Às vezes, surgem rachaduras. Para evitar a erosão, a dica é: evite escovar os dentes logo após as refeições, especialmente após o consumo de alimentos ou bebidas ácidas. Aguarde pelo menos uma hora, para que haja produção de saliva suficiente para remover os ácidos naturalmente da superfície dos dentes. Alem disso, evite beber refrigerantes (se beber, use canudo), escolha um creme dental com baixa abrasividade e escove os dentes suavemente, de forma completa e utilizando sempre escova macia. Como é sempre bom prevenir, vá ao dentista regularmente e converse com ele sobre quaisquer dúvidas. Contato: 3011-3345.