Laser é preciso saber usar

Canal Saúde
Fabiano Gomes
Ana Pellegrini (à direita): o uso correto do laser exige um profissional habilitado
Ana Pellegrini (à direita): o uso correto do laser exige um profissional habilitado

Tratamento de pele feito por profissionais sem qualificação pode se tornar um problema

A procura pelo bem-estar físico e mental se tornou uma febre. Sabendo disso, a indústria da beleza lança muitos produtos. Da mesma forma, a indústria de maquinários coloca no mercado diversos aparelhos - que prometem de tudo, mas fazem pouco ou nada. Estes produtos chegam ao consumidor indiretamente, via médicos e clínicas de estética.

É preciso ter cuidado! O laser mal utilizado, por exemplo, traz riscos à pele. Cabe aos médicos se atualizar, estudar a fundo as novas tecnologias e realizar treinamentos práticos antes de decidir que aparelho pode ser indicado a cada pessoa. Infelizmente, muitos profissionais – nem sempre médicos - compram ou alugam máquinas e aprendem a usá-las nos próprios clientes ou pacientes.

Por outro lado, há os médicos que se especializaram nesta área, treinam outros profissionais, estudam e participam de congressos e workshops, visando a proporcionar o melhor aos seus pacientes com o menor risco possível. A tecnologia a laser e outros aparelhos agrupados nesta área, como a luz intensa pulsada, radiofrequência e plasma, podem ser utilizados de forma segura como tratamento único ou combinado com outros tratamentos estéticos, como botox, peelings e preenchimentos.

Esses aparelhos são seguros. O índice de complicações é baixíssimo, desde que sejam operados por médicos habilitados. É fundamental que o profissional que os utiliza seja um profundo conhecedor da pele, pois saberá adaptar o tratamento a cada paciente. Quando o profissional despreparado realiza este tipo de tratamento, o risco de complicações é altíssimo. Pode não haver nenhum resultado, ou ocorrerem manchas transitórias, manchas permanentes e cicatrizes. Portanto, antes de qualquer tratamento que leve ao aumento da sua autoestima, procure um profissional em quem você possa confiar.