Conectados

Canal Entretenimento

Um desabamento em notas musicais

É engraçado passar anos escutando uma música e então descobrir que ela fala de uma história verídica. O Hotel Linda do Rosário desabou no dia 25 de setembro de 2002, no Rio de Janeiro. Não foi uma grande tragédia já que, 20 minutos antes, o gerente ouviu estalos na estrutura e avisou a todos. O porteiro, no entanto, lembrou-se de um casal hospedado num dos quartos. Bateu várias vezes na porta, mas não houve resposta. Dois dias depois, os bombeiros encontram o corpo de um homem e uma mulher, abraçados e nus sobre uma cama, em meio aos destroços. Eram amantes há muitos anos. Ao ler a notícia no jornal, Marcelo Camelo, ex-integrante da banda Los Hermanos, se viu tentado a escrever uma música sobre o casal. Nasceu “Conversa de Botas Batidas”. É encantador como uma história de amor proibido se torna uma música tão bonita.

Deixa o moço bater 
Que eu cansei da nossa fuga
Já não vejo motivos
Pra um amor de tantas rugas
Não ter o seu lugar Diz quem é maior
Que o amor
Me abraça forte agora
Que é chegada a nossa hora
Vem vamos além
Vão dizer
Que a vida é passageira
Sem notar que a nossa estrela Vai cair Veja você, quando é que tudo foi desabar
A gente corre pra se esconder
E se amar, se amar até o fim
Sem saber que o fim já vai chegar Esse é só o começo do fim da nossa vida
Deixa chegar o sonho
Prepara uma avenida
Que a gente vai passar

Celebrate Pride

Nos últimos dias, dezenas de celebridades editaram suas fotos de perfil no Facebook com faixas coloridas. Foi uma ferramenta disponibilizada por Mark Zuckerberg, criador da rede social, em homenagem à data em que a suprema corte americana legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Zuckerberg criou uma página chamada Celebrate Pride, onde as pessoas podem expressar sua opinião sobre o tema e editar sua foto de perfil, apoiando o movimento.

Parabéns, Rio!

Com os 450 anos do Rio de Janeiro, teremos em agosto e setembro mais de 120 eventos para comemorar o aniversário da cidade. Alguns prometem ser bem marcantes, como a exposição de quadros de Pablo Picasso no Museu de Arte do Rio (MAR), a Bienal do Livro - especialmente dedicada à cultura e à história da cidade -, shows na Fundição Progresso e uma exposição dedicada a Dom Pedro II. Com tantas atrações, a enorme agenda cultural do Rio de Janeiro vai crescer e ser prestigiada cada vez mais!

Crise também nos afeta 

Para nós, adolescentes, a dor da crise aparece principalmente nas horas de diversão e coisas menos necessárias, como aquelas que não precisamos mas que estamos loucos para comprar. É importante compreender que este é um momento difícil para todos. Uma solução para se divertir é se encontrar com os amigos na casa deles, levando uma pipoca ou um brigadeiro. Ao invés de sair no final semana, que tal assistir a um bom filme? Essa é uma das opções para aproveitar seus dias livres. Esperamos que esse momento passe logo, e que novos ventos venham soprar sobre nós.