Faz bem acreditar neles

Canal Bem-estar
Fabiano Gomes
Alunas de balé na sede da Associação Bem Faz Bem: trabalho mantido por voluntários, que precisam de ajuda
Alunas de balé na sede da Associação Bem Faz Bem: trabalho mantido por voluntários, que precisam de ajuda

Associação promove oficinas para crianças e adolescentes de Goitacazes

Quarta-feira não é apenas mais um dia da semana para Maria Eduarda Goulart, 7 anos, Maria Clara Couto, 6 anos, e Maria Eduarda Balbino, 5 anos. É um dia de glamour e alegria. Empolgadas, as meninas têm aula de balé com a professora Marcília Dutra. O local é a Associação Bem Faz Bem, que fica no bairro campista de Goitacazes. Há dois anos, em sua sede própria, a entidade promove um trabalho social nas áreas da educação, cultura e medicina, com profissionais voluntários, visando à ocupação, socialização e atendimento a jovens e adolescentes.

Maria Eduarda Balbino conta nos dedos o dia da aula. Segundo sua mãe, a dona de casa Laodicéia Balbino, 31, nas quartas-feiras a filha levanta mais cedo, calça as sapatilhas, coloca a roupa de dança e vai ao espelho para se maquiar e pentear o cabelo. “Ela não perde uma aula. Sem a Bem Faz Bem, milha filha não poderia aprender balé”, admite.

Segundo a professora Marcília Dutra, o balé é uma dança clássica que trabalha a concentração, coordenação e postura da crianças, trazendo também benefícios na escola e na saúde. Maria Clara Couto Ribeiro, por exemplo, começou a praticar por indicação médica. “O médico disse que ela precisava de uma atividade física. Optei pelo balé, que é uma atividade que fortalece os músculos, e aqui está perto da minha casa. Ela se desenvolveu bem”, conta a mãe, Eva Maria Machado.

O balé é apenas uma das diversas atividades oferecidas pela associação, fundada há dois anos e presidida pelo professor Erivelton Rangel. A Bem Faz Bem também mantém aulas de capoeira, oficina de linguagem e orientação escolar. Tanto para os jovens assistidos quanto para suas mães, a instituição também disponibiliza atendimento médico e social, previamente agendados. Sem nenhum tipo de ajuda governamental, a Bem Faz Bem aceita doações através da conta 9.034-4, agência 4664-7 do Banco do Brasil.