Lixo extraordinário

Canal Atualidade
Foto: Fabiano Gomes

Com apoio da Uenf, mulheres transformam banners velhos em bolsas

Com criatividade de sobra e a ajuda de técnicos da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), um grupo de mulheres do bairro da Pecuária e do distrito de Rio Preto, em Campos, montou uma cooperativa e conseguiu tornar realidade um projeto que, além de gerar trabalho e renda, auxilia na preservação do meio ambiente. É o Recimais Lona. As participantes recolhem banners e faixas de propaganda que iriam para o lixo e os transformam em belas bolsas e crachás.

Segundo a fundadora da cooperativa, Neide Conceição, o projeto foi impulsionado pela necessidade de gerar renda. A boa ideia foi parar na Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Populares (Itep) da Uenf. “Recebemos todo o apoio técnico e material. A universidade nos forneceu designer e emprestou as máquinas de costura que utilizamos na confecção, além de professores de arte”, conta. Depois de recolhidos, os banners passam por um processo de higienização. Na sequência, são cortados de acordo com o modelo escolhido pelo cliente e transformados em bolsas. Costureira cooperada, Waleska dos Santos se diz cada vez mais entusiasmada com o trabalho. “As pessoas estão gostando, e com isso conseguimos ajudar a família financeiramente e pagar nossas dívidas”.

Diante do sucesso – já são mais de 500 encomendas por mês -, as mulheres já pensam em expandir as vendas para outras cidades e até outros estados. “ O nosso único problema é a falta de matéria-prima. Estamos tendo dificuldade de receber doação de nossos parceiros”, explica Neide.